Quero criar uma estratégia para Redes Sociais, como faço?

Na hora de buscar o melhor caminho no mundo digital sempre surgem algumas dúvidas. Então vale sempre buscar apoio e orientação para escolher a estratégia ideal para o seu negócio!

Com um mercado cada vez mais especializado e com alta competitividade, é normal que as empresas se voltem para as redes sociais. Negócios que antes "se vendiam sozinhos" pela sua tradição no mercado, pela qualidade do seu produto/serviço ou pelo público cativo, têm percebido que sem investimento em mídia é cada vez mais difícil ver as vendas crescerem. Muito pelo contrário, a falta de visibilidade, aliada à crise econômica e ao desemprego, vêm levando à queda nas vendas.

É preciso, então, pensar em uma estratégia para se comunicar com o público-alvo, despertar interesse e engajar, engajar e engajar mais um pouco. Mas vamos exemplificar? Reuni algumas questões comuns a clientes e prospects para mostrar alguns benefícios e estratégias que o digital pode proporcionar. Confira:

1 - "Quero diversificar meus produtos e serviços ao máximo para abranger cada vez mais pessoas."

Cuidado, a estratégia de "atirar para todos os lados" não dá certo. A curto prazo, pode até apresentar resultados, mas trabalhar sem foco não é o ideal. É necessário buscar um nicho e se especializar nele, para oferecer o melhor produto/serviço possível para o seu cliente. Que tal avaliar a qualidade do seu produto/serviço em primeiro lugar? E depois que tal pensar em uma estratégia de marketing digital especializada, com análise, acompanhamento e medição de resultados? Foque-se no seu nicho e torne-se referência nele!

2 - "Em quanto mais redes eu estiver melhor. Vou criar perfis em todas para ganhar mais espaço e vender mais."

Ter perfil em rede social não garante resultados. Algumas empresas acabam "surfando na crista da onda" e esquecem que para cada rede social é preciso traçar estratégias e metas diferentes. O Instagram, por exemplo, é uma das redes mais procuradas no momento, pois lá o público ainda é menor que o Facebook e a competitividade, consequentemente, também é. Mas a rede trabalha essencialmente com imagens e produção de conteúdo em tempo real com ferramentas como os stories e o IGTV, então o planejamento é essencial para uma entrega de qualidade. Outro problema é o "pular de galho em galho e abandonar uma rede para focar-se em outra. Redes Sociais "fantasmas", sem conteúdo e interação nenhuma são negativas para a imagem da empresa. Você pode até focar-se no Instagram, por exemplo, mas mantenha a sua página do Facebook atualizada. Também vale lembrar que, por mais que as estratégias das redes sejam diversas, a persona da marca é a mesma, então o padrão precisa existir.

3 - "Vamos fazer uma mega ação com uma influencer com milhares de seguidores."

Lembram do caso recente da influencer com milhares de seguidores que não conseguiu vender um punhado de camisetas (colocar link para https://www.buzzfeed.com/br/jamedjackson/como-ser-um-influenciador-de-moda)? Estratégias com influenciadores precisam passar por critérios de avaliação. Muitas vezes, micro-influenciadores podem entregar resultados mais efetivos do que os macro, pois seu público é mais engajado no tema proposto. Talvez a ação com influencers possa ser efetivada com algum evento, palestra ou workshop, não bastando apenas fazer um post ou um stories na rede social. Pesquise e procure o apoio de profissionais para pensar qual a melhor forma de abordagem para resultados mais efetivos, pois ganhar curtidas e seguidores é apenas o primeiro passo.

4 - "Vou contratar um freelancer ou a agência com o menor preço. É tudo a mesma coisa".

Pensar somente no custo mais baixo, além de desvalorizar os profissionais do mercado, não garante qualidade. Um bom trabalho de rede social demanda muita pesquisa, planejamento, criação de conteúdo, design, revisão, postagem e avaliação. Se a agência não recomenda ao cliente o investimento em anúncios, por exemplo, e simplesmente compartilha conteúdo, o resultado não será o mesmo do que uma atuação especializada e com investimento claro e transparente. Então meça sempre os resultados e compare, pois melhores estratégias geram mais vendas e mais vendas representam mais recurso. Então você vai ver o retorno do seu investimento e ver que valeu a pena!

E então, já vivenciou alguma dessas situação com a sua empresa ou clientes?

Ah, e para quem quiser saber mais sobre o trabalho que fazemos na Imagine, entre em contato!

Vanessa Siviero
Formada em Jornalismo pela UFRGS, com pós-graduação em Comunicação pela ESPM-RS e em MKT Digital pela ESPM-SP, trabalha com geração de conteúdo há mais de 15 anos, com revistas, sites e mídias sociais.